Porquê Joaquim Barbosa não assinou o mandado de prisão de João Paulo

Durante alguns dias uma pulga me corroía atrás da orelha. Pra mim não fazia sentido cozinhar, pôr a mesa e não servir (não gostei muito da analogia, mas foi a única na qual consegui pensar. Aceito sugestões).

A princípio imaginava que ele quisesse simplesmente dividir responsabilidades mas isso não me parecia fazer muito sentido, afinal ele já tinha peitado deus e o mundo pra fazer o processo andar. Há algumas semanas, postei que quando Levandowsky assumisse a presidência do STF no plantão iriam chover pedidos de benefícios aos mensaleiros condenados, isso me parecia óbvio dada a postura do ministro em todo o julgamento. Ontem assistindo a um jornal, tive a epifania. Joaquim na verdade não queria que um outro ministro assinasse a ordem de prisão de João Paulo Cunha, muito pelo contrário. O que ele pretendia, (e a meu ver conseguiu) foi criar uma situação que impedisse que outro(s) ministros(as) tomassem decisões sobre a questão. Mais ou menos assim: Joaquim Barbosa sabia quem e quando assumiria interinamente a presidência. Assim sendo, deixou tudo pronto pra que, caso alguém queira tomar alguma decisão em sua ausência, tenha que primeiro expedir a ordem de prisão. Essa é uma questão moral, não legal. Afinal, se um ministro está no exercício do plantão, ele pode decidir o que entender mais urgente, porém ficaria a saia justa de ter aprovado um benefício (que eu entendo que se eles tiverem direito não se pode negar) sem antes ter mandado prender quando já estava tudo pronto. Negão de leso não tem nada.

Anúncios

~ por Marcelo Amil em janeiro 23, 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: