Vai em paz, CABOCA.

Brasileira

caboquinha

Da pátria d´água, com muito orgulho e farinha

poesia, cunhantãbim

Disse o poeta maluco

Olho d´água, pedaço de mim…

Tainã, igarapé

Balanço da rede, viola no peito

Leseira baré

curupira,  caboquinha

Antonio Pereira, Aníbal Beça

brasileira, brasileira

Porto de lenha

boi-bumbá

Vila Santa Rita, Chico da Silva

moronguetá

Seu som também dá

Pra se dançar

Disse o Raízes

São dois pra lá, dois pra cá…

brasileira

brasileira, caboquinha…

Brasileira…

brasileira!

Vai em paz, MARIAZINHA

Anúncios

~ por Marcelo Amil em agosto 3, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: